terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Rubem Vandoni: “Dilma, vá pela BR 163″

Pegar avião até Sinop e seguir de helicóptero até Lucas do Rio Verde é fácil, quero ver a Presidente se submeter à aventura de trafegar entre os buracos da BR 163 em meio a carretas carregadas com toneladas de grãos, como muitos são obrigados a se arriscar todos os dias.
No Estado que sustenta o superávit da balança comercial graças à pujança da nossa produção agrícola, que cresce pela competência e empenho dos nossos agricultores e não por qualquer apoio do Poder Público que os demoniza ideologicamente taxando-os pejorativamente de “grandes latifundiários”, após 12 anos de governo do PT, não se fez absolutamente nada para equacionar os gargalos que atravancam o nosso crescimento.
Da porteira para dentro temos uma agricultura de primeiro mundo, da porteira para fora temos uma estrutura de terceiro mundo.
Nossos portos continuam deficitários, os caminhoneiros que saem com aquilo que é produzido em Lucas do Rio Verde permanecem dias em filas nos terminais para descarregar a carga, tornando menos atrativo o preço da commodity; não se fez os investimentos necessários para adequar os portos ao tamanho da nossa demanda e se investe quase um bilhão em um porto cubano; as estradas estão em petição de miséria, a lua tem crateras mais modestas que as nossas; a saída para Santarém vem sendo prometida de ser concluída desde o primeiro mandato de Lula e rumamos para o final da terceira gestão petista…
Ferrovia? É uma promessa vaga, aparece no discurso a cada quatro anos, hoje certamente ela fará uma nova, é só esperar.
Fala sério, é muito cara de pau aparecer para lançar uma safra para a qual nada contribuiu! Faça a sua parte Presidente, infraestrutura é o que lhe cabe fazer, graças a Deus a produção não depende de você!
Rubem Vandoni é advogado em Guarantã do Norte. (Foto: A Folha de Sinop)

Nenhum comentário:

Postar um comentário