terça-feira, 18 de março de 2014

O ‘encino’ de Brasília

Por Josias de Souza

A confecção dos uniformes de uma escola pública do Distrito Federal virou caso de polícia. Aconteceu em Brazilândia, cidade-satélite de Brasília. Nas camisetas entregues a alguns alunos, a palavra ensino foi grafada com ‘c’. A irmã de um dos estudantes levou à internet uma foto com a evidência de que algo de muito esquisito sucede sob o governo petista de Agnelo Queiroz.
Por ora, detectaram-se pelo menos 27 camisetas ornadas com o ‘encino‘. Em nota, a Secretaria de Educação do Distrito Federal levantou a hipótese de sabotagem. As camisetas escolares são produzidas numa ‘Fábrica Social’ mantida pelo GDF. Destinaram-se à escola de Brazlândia “mais de 2.800 camisetas”. Sustenta-se que foram confeccionadas num molde único. Sem o erro.
As camisetas micadas trazem etiquetas com a logomarca da ‘Fábrica Social’. Mas a secretaria do GDF diz que “há indícios de adulteração.” A polícia civil foi acionada para investigar o caso. Deve-se torcer para que as investigações confirmem a sabotagem. O país talvez não suporte a revelação de que, em plena Capital da República, o ensino público conduz à çabedoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário