sexta-feira, 7 de março de 2014

TSE determina ao Facebook retirada da página de Eduardo Campos


O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Admar Gonzaga, determinou ao Facebook Serviços On-line do Brasil a retirada imediata da página na internet de conteúdo com propaganda antecipada de eventual candidatura do atual governador de Pernambuco, Eduardo Campos, a presidente da República nas eleições deste ano.

QUEM PROVOCOU A DECISÃO?

O ministro tomou a medida ao deferir liminar em representação apresentada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) contra Eduardo Campos e o Facebook por promoção do governador como provável candidato a presidente nas eleições de 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário