domingo, 6 de abril de 2014

A boa educação passa também pela valorização do professor

Dorjival Silva: jornalista e pedagogo
Um país que pensa em se desenvolver e ser uma potência mundial não pode jamais se descuidar da educação de seu povo. Essa é uma frase mais do que verdadeira e o Brasil, infelizmente, não está buscando isso.

Uma prova disso foi uma pesquisa realizada por uma empresa britânica com mais de quarenta países que apontou o Brasil entre as piores nações em qualidade de ensino, ou seja, ficou exatamente em penúltimo lugar. Uma posição que incomoda e demonstra o quanto precisamos melhorar o nosso sistema de ensino.

Não podemos mais ficar tentando educar nosso povo, sem um sistema de educação que valorize o professor que é a "mola mestra" desse processo bem como dotar as escolas de estrutura física e tecnológica atualizada e por fim modificar o sistema de exigências e avaliação dos alunos. Esses três pontos são primordiais para começarmos a mudar uma realidade que preocupa e muito.

Da forma como está não pode continuar, porque se assim persistir estaremos levando a nossa educação para um abismo sem fim e a consequência maior será uma nação desqualificada, sem consciência, sem rumo, com tendência de aumento da violência e sem justiça social, onde a desigualdade prevalecerá.
Por fim, uma nação sem educação é um povo pobre e sem estímulo para conseguir um futuro melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário