quinta-feira, 3 de abril de 2014

Operação Papel Timbrado é deflagrada na Paraíba

Intitulada ‘Papel Timbrado’, a operação está sendo realizada pelo Gaeco/MPPB com cumprimento de mandados de busca e apreensão em escritórios de contabilidade. No interior do estado, os mandados estão sendo cumpridos nas sedes das prefeituras.
Segundo o Gaeco, o objetivo do grupo era frustrar o caráter competitivo dos processos de licitação, lavagem ou ocultação de ativos financeiros, falsidade ideológica e participação em organização criminosa. Somadas, as penas dos crimes chegam ao máximo de 27 anos de reclusão, caso fique comprovado em julgamento a participação de cada um dos envolvidos.
A operação está sendo realizada em parceria entre o Ministério Público Federal (MPF), Controladoria Geral da União (CGU), Tribunais de Conta do Estado da Paraíba (TCE-PB) e da União (TCU), pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica e as polícias Civil e Militar. A ação conta com a participação de 22 promotores de Justiça, 16 servidores da CGU, um do TCU, 21 do TCE-PB, 74 policiais militares e outros 81 policiais civis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário