domingo, 19 de outubro de 2014

Memória: quando Lula queria que Aécio fosse seu candidato a presidente.

Relembrar é viver: hoje, para garantir a sobrevivência do PT, Lula ataca Aécio Neves. Mas, quando Aécio ainda era governador de Minas, Lula viu que o mineiro tinha um futuro brilhante pela frente e tentou cooptá-lo para o seu lado.
Algumas notícias da época mostram que Lula (que não era bobo de discordar de uma imensa maioria dos mineiros) não apenas apoiava Aécio, mas sonhava que ele fosse seu sucessor. Até tentou levá-lo para o PMDB, e deixar o PT apenas com a vice.
Aécio, obviamente, não aceitou se aliar ao PT, e agora é candidato a presidente para derrotar o partido de Lula, que instalou um ciclo perverso no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário