terça-feira, 21 de outubro de 2014

TSE muda entendimento e suspende programas de Dilma e Aécio no rádio e na TV

dilma aecio 2
O novo entendimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre campanhas políticas gerou uma onda de suspensões de trechos de propagandas dos candidatos à Presidência da República. Da última quinta-feira (16) até hoje (20), foram suspensos quatro trechos de propagandas de Aécio Neves (PSDB) e quatro de Dilma Rousseff (PT). Por insistir em propagandas já suspensas, o candidato tucano perdeu dois minutos e 30 segundos do tempo de inserções na televisão, enquanto a candidata petista perdeu um minuto e 12 segundos do horário no rádio, além de quatro minutos de inserções na televisão.
Além de trechos suspensos, os dois candidatos perderam tempo em propagandas. Em decisão divulgada hoje, o TSE determinou a perda de dois minutos e 30 segundos da propaganda de Aécio, por relacionar a candidata petista às denúncias de corrupção na Petrobras, quando tal propaganda já havia sido suspensa. O trecho foi exibido em inserções ao longo do dia na televisão. A coligação do tucano perderá esse tempo, fracionado entre as próximas inserções. Durante o tempo suspenso, terá de informar que houve infração da Lei Eleitoral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário